Projeto mobiliza jovens mineiros por meio do teatro

rnpvha-peca9-site
Levar informações, instigar o pensamento e provocar o debate de ideias por meio da arte é uma alternativa comprovadamente eficiente. Em especial quando se está lidando com jovens, um público ávido por gente que fale “o mesmo idioma” e não o olhe “de cima para baixo”. No caso da prevenção e enfrentamento ao HIV/Aids, não poderia ser diferente.

Atento a isso, a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids (RNPVHA, ou simplesmente Rede Nacional de Pessoas Positivas) leva a milhares de jovens da cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, a oportunidade de assistir  a uma peça de teatro que gira em torno de relacionamentos amorosos e o HIV.

A montagem teatral faz parte do projeto “Ei, jovem, se liga na prevenção: conhecendo a PEP e a PrEP através da arte”, um dos 15 contemplados com recursos do primeiro edital público do Fundo PositHiVo. “O objetivo é levar o máximo de conhecimento sobre a prevenção ao HIV, além de falarmos de novas tecnologias, como a PEP e a PrEP, em uma linguagem própria dos jovens”, explica Wagner Monteiro, coordenador da Rede Nacional de Pessoas Positivas. “Os jovens se identificam, e percebem que isso – a infecção pelo HIV – também pode acontecer com eles.”

Até o momento, já foram realizadas quatro apresentações em escolas do Ensino Médio em Uberlândia, com cerca de mil jovens espectadores. A proposta do projeto é contemplar 20 escolas e universidades, alcançando até 10 mil jovens. “Quando chegarmos ao público universitário, queremos levar também a possibilidade de que os interessados façam a testagem rápida para HIV”, diz Wagner.

Segundo o coordenador da RNPVHA, as escolas têm solicitado cada vez mais este tipo de abordagem. “Há escola que dizem estar precisando deste tipo de intervenção urgente. Estes jovens estão namorando, transando, sem o devido conhecimento sobre prevenção”, conta o ativista. “Não à toa, a reação deles ao espetáculo tem sido maravilhosa, mostrando que eles estão precisando desta conscientização.”

rnpvha-peca10-site
A história
A peça gira em torno de um triângulo amoroso entre dois rapazes e uma garota. Quando um deles descobre ser soropositivo, a vida dos três muda radicalmente. Surge então a deixa para os atores falarem sobre bissexualismo, prevenção e as novas tecnologias de profilaxia: PEP e PrEP. “A peça dura de 40 a 50 minutos, mas pode ser adaptada de acordo com o tempo disponível da escola e dos jovens, já que ela foi montada em takes que têm certa independência”, relata Wagner Monteiro.

A juventude e o talento do trio de atores chama a atenção. “Olha, fizemos um processo de capacitação muito construtivo. O grupo cênico é formado por jovens muito corajosos, que se entregam de corpo e alma para dar vida a um tema tão difícil. É por isso que os alunos se identificam tanto”, comemora o coordenador.

O corpo cênico
Confira o elenco, diretor e demais profissionais envolvidos na peça! A todos, nossos parabéns!

Diretor
Antonio Júnior

Elenco
Alexia Falcão, Edval Cantuário, Fred Abreu e Tharcisio Lusitano.

Operador de Som
Geovany Solo

Fotografia
Taty Ferreira

Apoio Geral
Arlindo Santos

rnpvha-peca8-site

Contato.


Avenida São Luís, 50 sl. 72G – República – São Paulo/SP
+55 11 3129-9055