Projeto Arte, Cidadania e Prevenção às IST, HIV e AIDS.

8649

A Associação Arte e Cultura do Bairro Baianão foi fundada em 2001 e vem atuando por meio do Projeto Baianarte, um programa de educação artística através da dança clássica, voltado para o atendimento de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social no município de Porto Seguro, oriundos da rede pública de ensino.

A OSC foi apoiada pelo Fundo PositHiVo para desenvolver o Projeto Arte, Cidadania e Prevenção às IST, HIV e AIDS.

O Projeto desenvolveu ações de prevenção as IST/ HIV/AIDS e Hepatites Virais entre jovens de Porto Seguro, especialmente do bairro do Baianão, por meio de ações de arte educação, oficinas de saúde: sexo seguro e promoção de direitos voltados as crianças, adolescentes e jovens, bem como seus familiares, além de discussões sobre seguridade social (assistência e previdência).

O projeto também realizou um grande seminário, onde foi feita a abordagem entre pares, distribuição de preservativos e outros insumos de prevenção, além de promover a discussão sobre as novas tecnologias de prevenção, incluindo a PEP (Profilaxia Pós Exposição), PREP (Profilaxia Pré Exposição) e política de redução de danos.

07

photo

O coordenador geral do projeto Tiago Nascimento relata que “ao decorrer do desenvolvimento das atividades, percebemos uma mudança de comportamento entre os jovens do Projeto Baianarte, nas rodas de conversa os jovens falam sobre a importância do uso da camisinha, outros jovens relatam que após a participação nas oficinas foram ao médico, e assim vamos percebendo uma maior segurança em falar sobre saúde e prevenção as IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais. Antes o assunto nunca foi debatido aqui em nossa instituição, levando em consideração que a temática é um tabu sobretudo para as famílias, a partir das atividades do projeto conseguimos ampliar o olhar das famílias e comunidade em geral sobre a importância de se discutir com os jovens saúde sexual para que possam se prevenir”.

Um grande êxito que muito nos orgulha é a valorização da mídia local para com o nosso Projeto, uma vez que este projeto é inovador e pioneiro na cidade, parabenizamos a iniciativa do Fundo PositHiVo em ter voltado seus olhos para o extremo sul da Bahia, em especial Porto Seguro uma cidade turística com forte apelo para a necessidade de políticas públicas voltadas para prevenção as IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, somos gratos a toda equipe do Fundo PositHiVo por nos permitir desenvolver este projeto que está sendo tão importante para nossa cidade, afirmou o Coordenador do Projeto Tiago Nascimento.

32

Foram atingidos diretamente pelas ações do projeto:100 mil pessoas: jovens estudantes, famílias, conselho tutelar, poder judiciário, gestores das áreas de saúde e educação.

Confira o depoimento dos jovens:

Contato.


Avenida São Luís, 50 sl. 72G – República – São Paulo/SP
+55 11 3129-9055