Fundo PositHiVo comemora sucesso de seminário

O Fundo PositHiVo promoveu, no dia 15 de dezembro, em São Paulo (SP), o seminário “Prevenção ao HIV/Aids e Novas Tecnologias”. O evento teve como principal objetivo despertar a importância da retomada do tema “prevenção” nas políticas que envolvem o assunto. Doze lideranças de importantes entidades de combate à epidemia de HIV/Aids trocaram informações durante o seminário, que terá como fruto um documento sobre este tema.

A iminente chegada da Profilaxia Pré-Exposição (PREP, na sigla em inglês), que deve causar mudanças profundas na maneira como a população se previne do contágio pelo HIV, também foi abordada no seminário. “O resultado do encontro foi altamente positivo. Reunimos 12 expressivas lideranças para tratar de prevenção, tema que estava tão esquecido no país”, comemora Harley Henriques, coordenador do Fundo PositHiVo. “E queremos dar acesso para que essas instituições tenham dados mais precisos e fidedignos para que alguns temas, como a PREP, que ainda sofre de falta de informações, possa ser levado ao seu público. A PREP está aí, precisamos estar preparados.”

Ciente do cenário de aumento de casos de infecção por HIV/Aids no grupo de jovens de 15 a 24 anos, Harley Henriques citou a necessidade de redigir um documento específico para reverter este quadro. “Pretendemos construir um documento norteador sobre prevenção para 2016. Este documento também vai servir de base para um edital que o Fundo vai lançar para apoiar projetos na área de prevenção para a sociedade civil.”

O coordenador do FP aproveitou para deixar claro que a prevenção vai ser mesmo o grande foco da entidade em 2016. “Quase não existe mais política de prevenção no Brasil, isso nos preocupa muito. Neste sentido é que o forte do Fundo PositHiVo em 2016 será investir em prevenção para que a gente fale sobre Aids nas escolas, dentro de casa, nas famílias, nas relações a dois. Ou seja, voltar a colocar a Aids na agenda da sociedade. Tirar a importância da prevenção do anonimato e do silêncio destes últimos anos.”

Contato.


Avenida São Luís, 50 sl. 72G – República – São Paulo/SP
+55 11 3129-9055