Centro de Estudos e Pesquisas Visão de Futuro

DSC00029

O Centro de Estudos e Pesquisas Visão de Futuro, é uma Organização sem fins lucrativos que atua no Maranhão no enfrentamento de todas as formas de violação dos direitos humanos. A OSC desenvolve estudos técnicos, planejamento e pesquisas sobre a realidade sociopolítica e cultural das populações em situação de vulnerabilidade social: crianças, adolescentes, jovens e suas famílias; mulheres; homens; adeptos (as) de religiões de matriz africana; comunidades negras quilombolas; LGBTI+; pessoas idosas e pessoas com deficiências.

A OSC desenvolve programas e projetos sociais nas áreas de assistência social, educação, cultural, saúde, esporte e lazer, visando o fortalecimento, o desenvolvimento e o empoderamento dessas populações.

O Centro de Estudos e Pesquisas Visão de Futuro é apoiado pelo Fundo PositHiVo para desenvolver o Projeto: NIBÓ IGBASILÉ: terreiros como espaços de promoção e prevenção de saúde.

As ações do projeto têm contribuído de forma direta para a redução do risco por IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, entre jovens, mulheres e adultos, afrodescendentes e de comunidades tradicionais de terreiros, nas regionais de saúde de São Luís (envolvendo os municípios maranhenses de: Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e São Luís) e Itapecuru (envolvendo os municípios maranhenses de: Chapadinha, Rosário Santa Rita e Itapecuru Mirim). Através da realização de vistas técnicas, oficinas sobre saúde sexual e reprodutiva, e prevenção da transmissão de IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais.

DSC00055

O coordenador do projeto Antônio Henrique França Costa relata que tem conseguido qualificar as lideranças de terreiros e de comunidades tradicionais, sobre as estratégias de prevenção e tratamento as IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, não só os jovens como os mais velhos, motivando-os a serem multiplicadores em seus locais de origem. As lideranças comunitárias que tem participado das atividades do projeto relatam que se sentem motivadas a repassarem as informações que aprenderam.

15279465399911527947264021

Confira o depoimento do jovem que participou de uma das atividades do projeto:

“Enquanto jovem, este é o primeiro evento sobre a questão da saúde do povo negro que eu participei, achei tudo muito bom, principalmente os momentos de debate, aproveitei para me vacinar e fazer teste rápido de HIV e Hepatites, espero poder ter a oportunidade de participar de mais eventos como este, pois enquanto jovem negro, quilombola e que frequenta terreiro e sabe a importância de um terreiro em nossas vidas, sei o quanto eventos como estes são importantes, por isso, anotei tudo o que pude, por que a partir de agora serei um multiplicador, e vou tentar repassar o pouco do que eu aprendi aqui neste dois dias de oficina para os outros jovens que ficaram em minha comunidade, principalmente em relação a importância do uso da camisinha em todas as relações sexuais. Participante da 1ª oficina do Projeto: NIBO IGBASILE: terreiros como espaços de promoção e prevenção de saúde”.

Contato.


Avenida São Luís, 50 sl. 72G – República – São Paulo/SP
+55 11 3129-9055