Agora a PrEP já está disponível na rede pública de São Paulo

Agora a PrEP já está disponível na maior cidade do país. A Profilaxia Pré-Exposição foi lançada no dia 18 de janeiro em São Paulo, e está disponível para determinados grupos populacionais. Profissionais do sexo, homens e mulheres trans, casais sorodiscordantes e homens que fazem sexo com (HSH) são o público-alvo da PrEP na rede pública de saúde.

Adele Benzaken, diretora do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde esteve presente no lançamento, em São Paulo, e explicou como deve ser utilizada a PrEP, que consiste em um comprimido antirretroviral. “O comprimido tem que ser tomado diariamente para fazer a proteção, pois, se isso não for feito, a concentração do medicamento não é suficiente para inibir o vírus.”

A ação da PrEP sobre o HIV impede a proliferação do vírus no organismo da pessoa, mesmo que haja o contato sexual. Ou seja, o vírus não se multiplica na corrente sanguínea e a pessoa não chega a ficar infectada. Ainda assim, médicos e profissionais de saúde lembram que o uso do preservativo continua sendo fundamental, pois continua sendo a forma mais eficaz de evitar outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Além da capital paulista, dezenas de municípios vão contar com a PrEP no país. “Até julho teremos pelo menos uma serviço em cada capital brasileira”, afirmou Benzaken.

Locais de distribuição da PrEP em São Paulo-SP:
Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Santo Amaro;
Serviços de Assistência Especializada do Butantã, de Fidélis Ribeiro e do Ceci;
Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Pirituba (a partir de fevereiro).

Para maiores informações, leia: São Paulo lança medicação preventiva para populações vulneráveis ao HIV

Contato.


Avenida São Luís, 50 sl. 72G – República – São Paulo/SP
+55 11 3129-9055